Posted in Comunicados
UNIVERSIDADE E ALGFUTURO DÃO FORTES  LAÇOS DE COOPERAÇÃO, PELO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO

UNIVERSIDADE E ALGFUTURO DÃO FORTES LAÇOS DE COOPERAÇÃO, PELO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO

– Intensificação da ligação Universidade/empresas, é dínamo gerador  de mais formação, melhor gestão, inovação, diversificação económica, combate à sazonalidade e ao preocupante impacto do Brexit e outros desequilíbrios.

Foi sob o signo de um forte impulso  na COOPERAÇÃO entre a ALGFUTURO- UNIÃO EMPRESARIAL DO ALGARVE e a UNIVERSIDADE DO ALGARVE,QUE DECORREU ESTE FIM DE SEMANA UMA LONGA REUNIÃO ENTRE O MAGNÍFICO REITOR, PROFESSOR DOUTOR PAULO ÁGUAS E UMA DELEGAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO.
A reunião teve  lugar na Reitoria a pedido da União empresarial, sendo apresentados os novos dirigentes( entre os quais Professores universitários), passados em revista os principais problemas da região com propostas da ALGFUTURO e decididas novas iniciativas para aprofundar a cooperação interativa entre a vida empresarial e a vida universitária, o que constitui empenho das duas entidades.
O aprofundamento irá fazer-se nas seguintes áreas : Encontros regulares entre empresários e corpo de professores e investigadores e contato com as empresas, para transferência e cruzamento dos saberes do estudo com o lado prático das coisas, nos setores do turismo, pescas, agricultura, novas tecnologias; apresentação no barlavento das valências e serviços da Universidade( uma das conclusões das Jornadas da Economia do Barlavento), numa iniciativa ALGFUTURO/AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO BARLAVENTO em colaboração com UALG ; acompanhamento e participação da equipa reitoral nas ações de contato direto com as realidades empresariais promovidas pela ALGFUTURO; candidaturas conjuntas a fundos comunitários; ações de formação para empresários; estágios de alunos nas empresas; etc.
O presidente da ALGFUTURO e demais delegação fizeram importante reflexão conjunta com o Magnífico Reitor, merecendo especial ênfase a urgente diversificação da economia e novas tecnologias em particular ; combate à sazonalidade e suas implicações na baixa rentabilidade empresarial, precariedade e baixas habilitações dos empregos,agravamento na falta de mão de obra, etc, contexto em que a desaceleração  do ciclo turístico e consequências do Brexit são de alta preocupação. Muito preocupante é o aumento previsto da percentagem dos graus etários dos mais idosos e falta de ativos, processo em que uma ação planeada de entrada de imigrantes é indispensável.
Foi realçado que pelas características da economia regional e face à conjuntura, a tomada de medidas para atração como visitantes de uma percentagem elevada dos 8,5 milhões de andaluzes nossos vizinhos( agora com pouca expressão), por razões culturais e de consumo dos produtos e serviços  ao longo de todo o ano, é vital e urgente para o emprego, saúde financeira das empresas e para atenuar desequilíbrios regionais, na economia ,componente social e coesão territorial.
Quanto aos fundos comunitários, é premente que em volume e aplicação com estratégias eficazes, contribuam para infraestruturas essenciais, atenuar desequilíbrios e recuperar o interior e serra.
A composição da delegação foi a seguinte: José Vitorino; Prof. António Raiado; Profª Carla Machado; Fernando Raposo; Maria Julieta Paradinha; Rui Sá Fernandes; Ana Vidigal; Maria Elena Romão;José Catarino; Silvia Gonçalves( ver foto).
Cumprimentos
A Comissão Executiva da ALGFUTURO

IMG_5299 IMG_5316

Partilhe este artigo!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn