Posted in Comunicados
MONCHIQUE OUVIDO PELA PRIMEIRA VEZ SOBRE FUTURO

MONCHIQUE OUVIDO PELA PRIMEIRA VEZ SOBRE FUTURO

Indicadores muito débeis que incêndio agravou e deixou sem sinergias

É grave a situação de partida, por exemplo com uma escola primária com apenas 14 alunos para as três freguesias e apenas metade dos médicos no Centro de Saúde. Além disso, o índice de envelhecimento é quase três vezes superior à média do Algarve e a taxa bruta de mortalidade é quase o dobro do Algarve.
Perante um quadro de quase rutura económica e social, a Algfuturo tem estudado e preparado ideias para o futuro de par com a resolução do que está pendente. E ainda há muito a fazer nas florestas, recuperação das casas, candidaturas agrícolas, etc.
É hercúlea a tarefa!P1290599 P1290596 P1290568 P1290559 P1290557 P1290626 P1290623 P1290571 P1290575 P1290576 P1290568
Mas agora já estamos a preparar as bases para a revitalização do concelho de Monchique, após reuniões com CCDR algarve, RTA; UNIVERSIDADE, DRAPA, ICN, PRESIDENTE DA CÂMARA. E reunião  de alargada de ontem com população e forças vivas, pela primeira vez feita depois do incêndio, que correu excecionalmente bem com importantes contributos.
O debate lançado ficou aberto por 15 dias, Algfuturo e associações do Concelho farão mais uma reunião pública e daremos expressão às ideias que forem dominantes.
Num processo como este as decisões a última palavra tem de ser  do povo e não de quaisquer gabinetes ou individualidades por mais prestigiadas.
Naturalmente, tanto financeiramente, como legislativamente conta-se com a disponibilidade do Governo sempre repetida.
Cumprimentos
A Comissão Executiva da ALGFUTURO

 

Partilhe este artigo!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn