Posted in Comunicados
IMPORTANTE AUDIÊNCIA DO MINISTRO DA ECONOMIA E SECRETÁRIA DE ESTADO DO TURISMO A DELEGAÇÃO DA ALGFUTURO

IMPORTANTE AUDIÊNCIA DO MINISTRO DA ECONOMIA E SECRETÁRIA DE ESTADO DO TURISMO A DELEGAÇÃO DA ALGFUTURO

– Destaques: pelo Governo, nova Escola Hoteleira em Portimão e combate ao alojamento paralelo; pela Associação, disponibilidade para colaborar, em especial num Plano Integrado para a região e preparação do próximo Quadro  Comunitário.
 
Em importante audiência ontem concedida por S.Exa o Ministro da Economia, acompanhado pela Exma Secretária de Estado do Turismo, a uma delegação da ALGFUTURO liderada pelo seu Presidente, José Vitorino, foi dado particular relevo ao turismo. Pela Associação empresarial: foram apresentadas as Conclusões do Congresso e o PRESALG-  Programa de Reformas para a Sustentabilidade do Algarve,na  sequência do desafio que o 1º Ministro lançou no quadro do Programa Nacional de Reformas; e deu expressão da disponibilidade e vontade em ser um parceiro social ativo na definição e implementação das políticas.
O Professor Doutor Manuel Caldeira Cabral e a Dr.ª Ana Mendes Godinho passaram em revista as linhas de força, nos domínios da formação profissional, financiamentos, combate à sazonalidade, com novas rotas e Congressos, animação, etc. Em geral, os empresários congratularam-se com as medidas e atenção dada à região do Algarve, com  efeitos que reduzem  impactos dos problemas estruturais já crónicos.
Face aos problemas e preocupações comuns e diálogo construtivo travado, pela sua importância merece destaque: para responder à falta de mão de obra avançar com a nova Escola Hoteleira de Portimão e sensibilização dos jovens para a dignidade da atividade turística; reforço ao combate do alojamento paralelo, com obrigatoriedade de apresentação do respetivo número em plataformas de divulgação; e publicidade e ainda a experiência piloto do Governo dos Gabinetes de Apoio ao Investidor, justificado no Algarve.A Associação manifestou forte apoio às entidades públicas no combate à economia paralela, seja nos alojamentos, citrinos e bivalves.
Particular atenção mereceu a sazonalidade que se tem agravado no último quarto de século no Algarve, mas que registou uma queda sensível do rácio em 2016. É matéria que exige um persistente esforço de promoção para aumentar as taxas de ocupação e número de visitantes na época baixa, para garantir mais riqueza para o país, melhores resultados para as empresas, mais e melhores empregos, etc. Contexto em que a facilidade de acesso ferroviário e rodoviário para os 8,5 milhões de Andaluzia, são questões por resolver.
A Associação ALGFUTURO deu nota dos seus estudos e propostas de solução, tendo posto à consideração que seja elaborado um PLANO INTEGRADO a implementar no âmbito do próximo Quadro Comunitário, tendo-se disponibilizado para participar desde já nesses trabalhos preparatórios, num quadro de reversão dos desequilíbrios com medidas de curto, médio e longo prazos e adequadas verbas.
A delegação teve a  seguinte composição: José Vitorino; José Lourenço Santos (Grupo Luna Hotéis & Resorts); Liberto Mealha (animação e restauração); António Correia (Novacortiça);  Ricardo Pereira ( Farmácia Internacional); Rui Salero Viegas (contrução e imobiliário); Fernando Raposo (Empresário e arquiteto).

Melhores cumprimentos
A Comissão Executiva da ALGFUTURO

Partilhe este artigo!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin