Posted in Comunicados
PETRÓLEO NO ALGARVE NÃO: PALP E ALGFUTURO DE ACORDO NA INDIGNAÇÃO E DETERMINAÇÃO NA LUTA

PETRÓLEO NO ALGARVE NÃO: PALP E ALGFUTURO DE ACORDO NA INDIGNAÇÃO E DETERMINAÇÃO NA LUTA

– Futuro do Algarve em causa, mas sendo considerado possível parar o processo pela população e com apelo aos Órgãos de Soberania.

Na reunião de quase duas horas realizada ontem  entre as duas delegações (foto) com profunda análise dos problemas, houve consonância na indignação e na determinação na continuação da luta por um Algarve livre de petróleo. Os dirigentes da Algfuturo manifestaram reconhecimento pelo notável trabalho desenvolvido pela PALP-Plataforma para o Algarve Livre de Petróleo.
Foi considerado inadmissivel o total desrespeito pelo Algarve, suas gentes e atividades por parte do poder central, ao concessionar todo o Algarve em terra e no mar, como em nenhuma outra região do país.Tudo com contratos assinados pelo poder central com grandes interesses e multinacionais petrolíferas nas costas dos algarvios e seus representantes na região, o que nunca aconteceria se já  existisse a Região Administrativa.
Além do agravamento dos agora já elevados riscos sísmicos, pelos enormes perigos de poluição e efeitos psicológicos nos investidores e turistas, está em causa a natureza e práticamente toda a economia regional, assente no turismo,pescas,moluscicultura, aquacultura e a agricultura com sabores únicos nos citrinos,, vinhos, medronho,frutos vermelhos, mel, etc, num processo em que qualquer que seja o ângulo de análise, os prejuízos serão sempre muito superiores às apregoadas vantagens.
A paragem do processo é possíivel através da mobilização da população e agentes regionais, contando com : um papel determinante do Presidente da República; decisões consensuais na Assembleia da República; Governo; e Deputados eleitos pelo circúlo de Faro, honrando em concreto o seu mandato em defesa da região e suas populações, entidades a quem se apela.
No quadro exposto, a PALP e a ALGFUTURO irão manter colaboração técnica , de troca de informações e no que mais se justificar.
Cumprimentos
5.8.2016
A Comissão Executiva da Algfuturo

Partilhe este artigo!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin