Posted in Comunicados
CHEIAS EM ALBUFEIRA: É IRRESPONSÁVEL QUE A BUROCRACIA MANTENHA A CALAMIDADE

CHEIAS EM ALBUFEIRA: É IRRESPONSÁVEL QUE A BUROCRACIA MANTENHA A CALAMIDADE

-Demora de 5 anos na solução, seria facto grave que não se pode calar, com apelo ao Governo e solidariedade com Albufeira

A Agência Portuguesa do Ambiente apresentou no Algarve o Plano de Gestão  da Região Hidrográfica das Ribeiras do Algarve, com zonas críticas em Aljezur, Tavira, Monchique, Faro e Silves.
O que foi apresentado é justificado, mas choca e é uma desconsideração grave a Albufeira, ao Algarve e ao próprio país, que nada fosse previsto para solucionar a calamidade potencial existente na capital nacional do turismo, com um histórico recente de muitos milhões de prejúizos diretos e perdas e danos pela má imagem e paragem de negócios( estes ainda não contabilizados).
Por isso, a Associação empresarial Algfuturo que tem acompanhado o processo desde o início, expressa publicamente o seu protesto e total solidariedade com a contestação feita pelo Presidente da Câmara, para com  a população de Albufeira e em particular para com os empresários envolvidos e seus empregados.
Para a União pelo Futuro do Algarve é inaceitável que tenham trazido ao Algarve a notícia que lá para 2020 a solução técnica estará concluída! Só faltou dizerem que já seguiu SMS para S. Pedro para suspender chuvas fortes em Albufeira nesse período!….
Tentaram justificar-se dizendo que o que foi apresentado vem de 2012, mas isso não é sério, sendo irresponsável que a nível central a solução técnica e financeira não esteja já em marcha com a Câmara de Albufeira, seja no âmbito do Plano apresentado ou noutro enquadramento. O que não podiam era ter vindo de ” mãos a abanar”, pois uma situação excecional exige tratamento excecional!
A União está certa que o Governo e em particular o Ministro do Ambiente por tal diligenciarão, mas de qualquer forma aqui deixamos um apelo público.

 

Partilhe este artigo!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin