Posted in Comunicados
– MEDRONHO : FONTE DE SAÚDE E CONFORTO ESPIRITUAL. DO GENUÍNO E COM MODERAÇÃO !..

– MEDRONHO : FONTE DE SAÚDE E CONFORTO ESPIRITUAL. DO GENUÍNO E COM MODERAÇÃO !..

-Monchique teve Congresso e Festival de mostras e sabores, com nota 20 ! E IGP “Medronho do Algarve ” vem aí.

Numa iniciativa de sucesso absoluto, decorreu este fim de semana o Congresso e Festival do Medronho, em que ficaram demonstradas as excecionais qualidades do fruto em fresco ou transformado, com especial impacto na economia agrícola local e atração turística.
A iniciativa decorreu na melhor e mais representativa de todas as zonas de produção do país: a milenar Monchique, a partir de agora reconhecida legalmente como ” Capital do Medronho em Portugal”, conforme marca já registada, revelado pelo Presidente da Câmara Rui André.
A qualidade da aguardente de medronho( a verdadeira, sem ” mixórdias” ) é mundialmente conhecida, mas há muito a debater e a fazer e foi esse o objetivo do evento.
E já agora, sabia que o fruto medronho é  um antioxidante muito rico em fibras que ataca ou evita algumas das mais graves doenças da época moderna ? Não? Então registe, que previne o cancro e doenças da pele e ossos, combate o colestrol e é um anti-inflamatório, antimicrobiano e antifúngico.
A comunidade cientifica do país esteve em Monchique, bem como produtores e outros especialistas, discutindo tudo, desde a plantaçãop ao escoamento. E mais se eficou a saber uma grande notícia: depois de algumas polémicas, a IGP- Indicação Geográffica Protegida “Medronho do Algarve”  está em fase final de aprovação, ao serviço dos produtores da Serra de Monchique, em defesa de genuinidade do produto.
Tratou-se de uma iniciativa da Câmara Municipal com o apoio da Apagarbe- Associação dos Produtores de Aguardente de Medronho do Barlavento Algarvio, tendo de entre outras personalidades participado o Presidente da Região de Turismo do Algarve e o Diretor Regional de Agricultura.
Pela relevância do evento e por se integrar nas prioridades estratégicas do seu Plano de Ação para dinamizar a economia e vida das desfavorecidas zonas serranas, a Associação ” UNIÃO PELO FUTURO DO ALGARVE” esteve devidamente representada.

Partilhe este artigo!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin